foto1
MM Almada
foto1
XXX GP Alto do Moinho
foto1
5 de Outubro
foto1
Grande Prémio PP
foto1
Ultra Trail Portalegre
Bem-vindo ao Clube de Atletismo Amigos Parque da Paz
Consta que, já no início dos anos 70, o local onde hoje se encontra o Parque da Paz, outrora designado por Quinta do Chegadinho, era o palco privilegiado onde, atletas do nosso Concelho realizavam os seus treinos diários de atletismo, no intuito de verem melhoradas as condições físicas e assim poderem apresentar-se em bom plano nas provas.

Disto, são exemplo, os atletas Francisco Tavares, hoje com 70 anos de idade e dono de uma forma física invejável, o Domingos Jacinto que, fruto do seu trabalho e dedicação à modalidade, obteve resultados significativos ao longo da sua carreira.

 Na pesquisa que tivemos a oportunidade de realizar, deram-nos a conhecer que, no termo da mesma década, talvez nos anos de 1978 e 1979, outros elementos se lhe juntaram, passando a constituir um grupo razoável de apaixonados das corridas a pé, deixando trilhos no sobe e desce do terreno acidentado da Quinta do Chegadinho, por entre árvores e arbustos, à força do palmilhar constante e regular de sapatilhas.

Deste numeroso grupo, destacamos pela ausência, os saudosos Raminhos e Augusto Silva, já falecidos.
 
Queremos também destacar o elemento feminino ao fazermos referência à Joaquina Flores (Marquinhas) e à Etelvina Sabrosa há muitos anos imigrada em Londres, e que foram frequentadoras do Parque da Paz onde faziam treinos regulares.

Porém, outros estão felizmente bem vivos para a modalidade:
Rui Silva – homem das mais 34 maratonas, histórias sem fim e um palmarés de fazer inveja.
Joaquim Antunes – ainda hoje um atleta que dá “cartas” no seu escalão.
Luís Prudêncio – elemento da regularidade e número de provas difícil de contabilizar.
José Carlos – desde longa data que não dispensa o seu treino diário.
António Guerra – companhia indispensável e sempre pronto a transmitir os seus conhecimentos.
Lino Mação - o terror para os adversários pela sua performance.
Ricardo Batista - um enorme e regular atleta com tempos magníficos.
Óscar Santo - invencível no seu tempo, hoje afastado da modalidade por lesão crónica.
Frederico Torres - embora mais recente, julgamos merecedor de destaque pela sua simpatia, cavalheirismo e amigo do amigo.

De certeza que nos esquecemos de muitos mais, não menos importantes, com muitas histórias para contar e ensinamentos para transmitir.

A memória ainda regista a existência de um ringue do Clube R. Alagoa e um campo de futebol de 11. Este espaço, onde a malta se reunia para dar uns chutos na redondinha, transformava-se num pantanal quando S. Pedro se lembrava de abrir as torneiras do céu, ficando impraticável para o futebol, mas apto para o pólo aquático.

No fim dos anos 90, a Câmara Municipal de Almada, lançou mãos à obra e construiu este parque urbano, pulmão da cidade, com a colaboração do Arquitecto Paisagista Sidónio Pardal, tem cerca de 60 hectares de área verde, sendo um local indispensável para o desporto e lazer, como testemunham as centenas de pessoas que o frequentam, nomeadamente aos fins-de-semana.

No que ao atletismo diz respeito, podemos encontrar diariamente atletas anónimos e conhecidos, em missão de treino, os primeiros para a manutenção de forma física e os segundos, dignos representantes de diversos clubes amadores da região como sejam:

GD Reboleira, Casal de Stº António, Corrida Bohémia, GD INE, Clube dos Sargentos da Armada, CR Cruz de Pau, Açoriana S. e SFUAP.

O grupo dos Amigos do Parque da Paz surge no ano de 2004 por iniciativa de frequentadores e defensores do parque, e da amizade construída e consolidada ao longo de alguns anos de convívio salutar, que se deseja duradouro e leal ao princípio que originou o seu nascimento.

Esta verdadeira amizade atinge a sua expressão no almoço anual habitualmente organizado pela “Velha Guarda”, a 5 de Outubro, feriado nacional e dia da Implantação da República.

O equipamento de cores amarela e azul com o símbolo da Ponte 25 de Abril, o Cristo Rei e o Arvoredo, constitui a nossa bandeira e cartaz de apresentação, onde quer que participemos.

Esta equipa não tem como objectivo principal a conquista de títulos ou troféus, não os enjeitando, mas antes o de fazer da sua participação um motivo de festa e confraternização, assim como da constante divulgação do nosso Concelho.

Tendo por base estes princípios, pensamos que se encontram reunidas as condições para que todos, em conjunto e sem excepção, trabalhem para dar continuidade a este projecto, com qualidade e ambição q.b., pelo que se lhe deseja longa vida.

Fonte:Antonio Nascimento

«« »»

Transcrevemos o mail de 24/02/2008 enviado pelo associado Mário Gonçalves:

Pretendo também contribuir para a história do clube, em especial esclarecendo como e quando o mesmo nasceu.

É evidente que entre todos aqueles que praticam atletismo, existe por afinidade uma certa amizade, no entanto, há que distinguir os amigos que são aqueles que treinam no Parque da Paz independentemente do clube que representam, dos que fazem parte do clube.

Deste modo, mais ou menos em 2004, o Mário Gonçalves e o Luís Alves, sentiram necessidade de criar um clube para entrarem em provas desportivas.

Assim, depois de entre nós os dois discutirmos qual o melhor nome a dar, decidimos que o mais indicado seria "Amigos do Parque da Paz de Almada".

Concebemos os equipamentos que respeitam as cores da Cidade de Almada (o Luís Alves elaborou os desenhos), e dirigimo-nos à casa de equipamentos desportivos Bota Abaixo, para que os confeccionasse, tendo sido acordado o preço de venda e autorizado a sua comercialização a quem o pretendesse.

Feita a respectiva publicidade entre todos os que treinam no Parque da Paz, e para que fique para a história, os primeiros atletas em provas representando o clube foram:
Mário Gonçalves, José Gonçalves, Luís Alves, Aníbal Marques e Raul Ferreira, elementos fundadores do clube.

 "Cronologia do Clube":

  • Os Amigos do Parque da Paz nasceram em 2004 por iniciativa do Luis Alves e Mário Gonçalves.
  • Em 2008 foram dinamizados com  a chegada ao grupo de outros elementos.
  • No mesmo ano foi aberto publicamente o primeiro site do clube tendo por base o "Portal dos Clubes".
  • Em 20 de Novembro de 2009 foi aberto publicamente o segundo e ainda actual site do clube com o empenho e responsabilidade do Luis Miguel Roque.
  • Em 24 de Março de 2011 reuniu a 1ª Assembleia de sócios fundadores do Clube de Atletismo dos Amigos do Parque da Paz (nova denominação), em número de sete (António Nascimento, José Garrido, Luis Miguel Roque, Luis Alves, Pedro Gabriel, Mário Gonçalves e Raúl Ferreira) na zona de restaurantes do Forum Almada.
  • No mesmo dia, 24 de Março de 2011 foram elaborados e aprovados os estatutos do clube.
  • A Acta nº1 foi redigida e assinada pelos sete sócios fundadores em 24 de Abril de 2011.
  • Em 6 de Maio de 2011 foi realizado com êxito a legalização do clube com a emissão do Certificado de Admissibilidade de inscrição no Registo Nacional de Clubes e Federações Desportivas.
  • Em 9 de Agosto de 2011 foi solicitado o NIPC junto do Registo Nacional de Pessoas Colectivas tendo sido atribuído o Nº 901 930 504 (entidade equiparada a pessoa colectiva) e CAE 93192.
  • Em 11 de Agosto de 2011 foi registado o inicio da actividade junto das Finanças (Doc. nº 3697000206948).